top of page

Morando no exterior: “A comunidade brasileira aqui, é mais agitada do que o BBB” 

Updated: Feb 15, 2023


Os grupos do Facebook para brasileiros que moram no exterior, são plataformas que ajudam muitas pessoas a se adaptarem a vida fora do Brasil, a buscarem informações, até mesmo antes de decidirem se mudar.


São locais onde você pode receber dicas importantes sobre atividades e trabalhos da cidade onde escolheu morar e, onde você vai encontrar produtos e serviços brasileiros que fazem falta no exterior.


É inegável o papel de suporte que esses grupos oferecem, tanto na conexão online como na offline. Isso porque, através desses grupos são organizados eventos culturais e festas que unem as pessoas, fazendo com que o Imigrante se sinta menos sozinho e mais acolhido, podendo se conectar com pessoas que vivem a mesma realidade que ele, com todos os fatores positivos e negativos que envolve a vida no exterior.


Acontece que essa mesma comunidade que acolhe também funciona como um núcleo de novela ou como um reality show, igual ao Big Brother Brasil. Visto que os grupos são pequenos, as pessoas acabam se conhecendo e inevitavelmente acabam acontecendo o compartilhamento de fofocas e de intrigas entre essas pessoas, o que não é nada positivo.


Como são grupos pequenos, temos a sensação de proximidade e de afastamento simultaneamente.


A sensação de proximidade acontece devido aos encontros em festas ou eventos brasileiros, já que fica fácil nesses ambientes reconhecer as pessoas e saber um pouco da história de vida de cada um, onde trabalha, se veio com a família ou se está ali há muito tempo, etc.


E de afastamento pelos mesmos motivos, ou seja, ao se encontrarem nos eventos ou fazerem postagens ou comentários nos grupos de Facebook, as pessoas acabam conhecendo umas às outras e de uma certa forma fazendo parte da vida daquelas pessoas, já que em algum momento, algum aspecto da vida pessoal acaba sendo revelado nas interações.


Nos grupos descobre-se quando uma pessoa decide voltar para o Brasil ou que terminou um relacionamento e, quando alguém anuncia que está vendendo os móveis da casa. Nesse mesmo ambiente descobre-se a gravidez de alguém, porque os fotógrafos do grupo postam os ensaios que fizeram com as brasileiras da comunidade.


Novos negócios vão se desenvolvendo e todos ficam sabendo porque os grupos de Facebook e WhatsApp são utilizados para a divulgação desses serviços. Há muito informação pessoal que é compartilhada nesses locais, tanto no mundo digital quanto nos encontros promovidos pelos brasileiros na cidade.


Essas informações da vida pessoal das outras pessoas, nem sempre é utilizada de maneira saudável. Existem muitos julgamentos e muitos comentários que acabam por afetar a vida e a saúde mental de quem está participando desses grupos.


Assim como as novelas e o BBB chama a atenção das pessoas, os grupos de Facebook acabam virando um local de entretenimento para muitos, já que o compartilhamento de informações pessoais pode se tornar o combustível para desavenças.


Esse cenário faz muito mal para quem individualmente se sente julgado e também faz mal para quem acompanha, porque acaba retroalimentando sentimentos negativos.


É importante perceber que todas as pessoas que estão ali compartilhando suas vidas, mesmo que de uma maneira sutil, merecem respeito e a compreensão dos demais, evitando assim críticas e julgamentos.


A comunidade brasileira é pequena comparada ao número de habitantes de uma cidade, portanto, a proximidade cultural e a vivência de realidades similares podem fazer com as pessoas se ajudem mais e julguem menos.


A ideia não é se afastar de todos e viver uma vida 100% privada, deixando de compartilhar vivências importantes com outros membros da comunidade, mas sim observar e analisar o que deve ser compartilhado em grupos públicos, sejam de WhatsApp ou de Facebook e até mesmo em grupos de amigos que não são tão próximos.


É verdade que os grupos de amizades são formados muitas vezes pela necessidade de interagir e não ficar sozinho, mas, é interessante fazer uma análise dentro desses grupos avaliando quem são as pessoas que realmente merecem a sua confiança, pessoas que podem ter acesso a informações mais profundas e delicadas da sua vida.


Tenha certeza que essas pessoas não vão divulgar de forma leviana as informações confiadas a elas, expondo a sua individualidade a quem não vai te ajudar ou pior, a quem apenas vai te julgar sem te conhecer.


A solidão do Imigrante é um problema real e a importância das comunidades é muito grande para diminuir a sensação de isolamento, mas, é necessário fazer o uso correto desses círculos sociais para que as interações que ocorrem ali dentro não tenham um efeito contrário ao objetivo inicial, o qual é curtir, aproveitar e se relacionar com pessoas.


Sabendo trocar questões mais íntimas com parcimônia, apenas com quem você realmente confia será mais fácil lidar com a solidão que envolve a vida de quem vive no exterior.


Além disso, a busca por um profissional da área de psicologia pode ser essencial nesse momento. Um psicólogo vai poder te acolher de forma individualizada e sigilosa, ouvir as suas dúvidas e dores sem julgamentos, respeitando a sua vivência e o momento que você está experienciando.


Se você se identificou com os assuntos tratados neste post e gostaria de aprofundar-se no autoconhecimento através da psicoterapia ONLINE, entre em contato comigo clicando aqui. Desta forma eu poderei explicar mais sobre o meu trabalho para você e você poderá tirar dúvidas sobre a psicoterapia ONLINE.


Links Úteis:



Siga as redes sociais para ter acesso a conteúdos como esse diariamente:




Quem escreve:

Camila Couto e Cruz é psicóloga com formação em Gestalt-Terapia e doutorado em Psicologia Social pela University of Queensland; uma das 50 melhores universidades do mundo, de acordo com o QS World University Ranking. Camila trabalha com psicoterapia na modalidade online, atendendo brasileiros que vivem no exterior através de uma abordagem dinâmica, voltada para a auto-regulação e ajustamento criativo do indivíduo. Agende uma sessão informativa sobre a psicoterapia online, sem nenhum custo, clicando aqui.

193 views0 comments

Opmerkingen


whatsapp-icone-1.png
bottom of page